TRÊS LAGOAS

Cadeirante é preso por matar jovem atropelado após suspeita de furto

Caso usado no atropelamento foi apreendido pela polícia (Foto: divulgação / Polícia Civil) Caso usado no atropelamento foi apreendido pela polícia (Foto: divulgação / Polícia Civil)

Cadeirante de 36 anos, que não teve o nome divulgado, conhecido como D2, foi preso por força de mandado de prisão. Ele é suspeito de matar atropelado, Daniel Brito de Oliveira, 21 anos, no dia 24 do mês passado, enquanto caminhava na Rua  Elza Uberline de Souza, no Bairro OT, em Três Lagoas.

Segundo as investigações, o autor matou por suspeitar que a vítima tivesse furtado a sua casa. Daniel respondia a vários processos pelo crime. O cadeirante também é fichado na polícia e cumpria pena em regime domiciliar por tráfico de drogas. Ele, segundo a polícia, usou o carro Fiesta Sedan adaptado para atropelar Daniel, que sofreu diversas fraturas, foi transferido à Santa Casa de Campo Grande e morreu um dia depois.

Após o registro da ocorrência, policiais civis e do serviço de inteligência da Polícia Militar conseguiram identificar o autor e localizar o carro, escondido em um lava-jato próximo à casa do cadeirante. O para-brisa que ficou com marcas do acidente já havia sido trocado. O suspeito foi preso na última sexta-feira (20). Ele vai responder por homicídio qualificado por motivo fútil com pena de até 30 anos de reclusão.

Comentários