COVID-19

Companhias aéreas suspendem operações e Dourados fica sem voos

Gol Linhas Aéreas começou a operar em Dourados no dia 2 de março - Crédito: Hedio Fazan/Dourados News Gol Linhas Aéreas começou a operar em Dourados no dia 2 de março - Crédito: Hedio Fazan/Dourados News

 

As três companhias aéreas que operam no Aeroporto Regional Francisco de Matos Pereira comunicaram a suspensão das operações e Dourados ficará sem voos pelo menos durante todo o mês de abril. O motivo é a pandemia do novo coronavírus (Covid-19), que até esta terça-feira (24) já matou mais de 17 mil pessoas no mundo, 34 no Brasil.

A Gol Linhas Aéreas, maior empresa aérea doméstica do Brasil, comunicou que de 28 de março a 3 de maio manterá apenas 55 voos diários entre o Aeroporto Internacional de São Paulo, em Guarulhos, e as capitais brasileiras. A rota através do território douradense, inaugurada no dia 2, fica suspensa.

A Voepass, que atende Dourados com a Passaredo, suspendeu na segunda-feira (23) as duas frequências diárias que atendiam o município com destino ao Aeroporto de Congonhas, em São Paulo.

A Azul incluiu o Aeroporto de Dourados no cancelamento das operações entre 26 de março e 30 de abril. Ela atendia passageiros com embarques na cidade e destino até Viracopos, em Campinas, São Paulo.

Em dezembro de 2019, antes mesmo da Gol iniciar suas operações em Dourados, o diretor do Aeroporto Regional Francisco de Matos Pereira, Juliano de Almeida Domingos, informou ao Dourados News que houve 6.244 embarques de desembarques em janeiro, número que saltou para 9.662 em novembro daquele ano. Na época, a expectativa era movimentar entre 18 e 20 mil passageiros ao mês com as três companhias em operação.

Comentários