Brasil

Contra demissões, bancários fecham agências do BB na sexta

Plano de reestruturação prevê fechamento de 361 unidades do banco e mais de 5 mil funcionários devem ser dispensados

112 agências do Banco do Brasil serão fechadas em todo País (Foto: Arquivo/Marcos Maluf) 112 agências do Banco do Brasil serão fechadas em todo País (Foto: Arquivo/Marcos Maluf)

Nesta sexta-feira (29) os funcionários do Banco do Brasil paralisam as atividades em todo Brasil. A greve é em protesto contra a reestruturação do banco, onde 5 mil pessoas serão dispensadas e 361 unidades da instituição fechadas.

Em todo país, as agências não vão funcionar a partir das 00h00m até às 23h59m do dia 29 de janeiro de 2021. As mudanças podem atingir 1.091 bancários registrados no SEEBCG-MS (Sindicato dos Bancários de Campo Grande MS e Região).

De acordo com o sindicato, a proposta foi aprovada por 83,82% dos funcionários que participaram de assembleia realizada na última segunda-feira (25), com funcionários de todo Brasil

“Os prejuízos desse desmonte não atingem apenas os bancários, mas também toda a população que vai sofrer com o fechamento de agências e cortes de funcionários. Até então, nossas reivindicações não foram ouvidas pela direção do banco e, por isso, decidimos pela paralisação", destacou Neide Rodrigues, presidente do sindicato.

Comentários