PONTA PORÃ

Corpo de engenheiro desaparecido é encontrado carbonizado em sítio

Ludwig Max Pockel , de 48 anos. - Crédito: (Ponta Porã News) Ludwig Max Pockel , de 48 anos. - Crédito: (Ponta Porã News)

Moradores do distrito de Nova Itamarati, município de Ponta Porã, encontraram na noite desta quarta-feira, dia 29 de julho, o corpo do engenheiro agrônomo Ludwig Max Pockel , de 48 anos, que estava desaparecido desde a noite do último sábado, na região de fronteira com o Paraguai.

Ludwig foi carbonizado após ser morto a facadas em um sítio que ele arrendava no distrito. Ele morava em uma casa na propriedade rural. Segundo familiares da vítima o corpo foi encontrado ao lado da motocicleta dele, de onde os criminosos teriam tirado a gasolina para incendiar o corpo.

Conforme o site Ponta Porã News, uma equipe da Polícia Civil, comandada pelo delegado Alcides Bruno Braun do 1º Distrito de Ponta Porã está no local. Peritos e investigadores também estão fazendo os primeiros levantamentos no sítio para tentar levantar as circunstâncias da execução.

Ludwig havia sido visto pelo filho e outras testemunhas, pela última vez às 20h de sábado (25). 

Comentários