Educação

Prefeita desmente secretário e garante salário a professores contratados

As aulas estão suspensas na rede municipal de ensino de Dourados desde o dia 18 de março

Alunos chegando em escola pública de Dourados antes da suspensão. (Foto: Reprodução/94FmDourados) Alunos chegando em escola pública de Dourados antes da suspensão. (Foto: Reprodução/94FmDourados)

Em vídeo divulgado na tarde desta quarta-feira (22) no Facebook, a prefeita Délia Razuk (PTB) desmentiu o secretário de Educação Upiran Jorge Gonçalves e garantiu que os professores contratados não ficarão sem o salário de abril. 

Em comunicação interna enviada hoje cedo às escolas e centros de educação infantil, Upiran informou que os 1.400 professores contratados não receberiam os salários por causa da suspensão das aulas em função da pandemia do novo coronavírus.

A medida foi criticada pelo sindicato dos professores e pelo presidente da Câmara Alan Guedes (PP). O Simted afirmou que a suspensão do pagamento, adotada com base em parecer da procuradoria do município, deixa os professores em extrema vulnerabilidade.

Sem citar a comunicação interna assinada pelo secretário, Délia afirmou que está buscando os meios legais de manter os salários dos contratados sem ferir a lei. Ela marcou reunião para a manhã desta quinta-feira (23) para discutir o problema.

 - CREDITO: CAMPO GRANDE NEWS

Comentários