COPA DO BRASIL

São Paulo e Fortaleza ficam no empate pelas quartas da Copa do Brasil

Rigoni marcou duas vezes para os paulistas, mas Yago Pikachu e Romarinho decretaram o 2 a 2

Rigoni (77) marcou os dois gols do São Paulo, mas o Fortaleza foi em busca do empate no Morumbi / Marcello Zambrana/AGIF/CBF Rigoni (77) marcou os dois gols do São Paulo, mas o Fortaleza foi em busca do empate no Morumbi / Marcello Zambrana/AGIF/CBF

Tudo igual entre São Paulo e Fortaleza no primeiro encontro pelas quartas de final da Copa do Brasil. Na noite desta quarta-feira (25), no Estádio do Morumbi, Rigoni abriu dois gols de vantagem para o time paulista, mas Pikachu e Romarinho buscaram o empate para o Leão e decretaram o 2 a 2 no placar.

As equipes voltam a se enfrentar no dia 15 de setembro, na Arena Castelão. Quem vencer fica com a vaga. Novo empate leva a decisão para os pênaltis.

O Jogo

Placar zerado na primeira etapa no Morumbi. O duelo começou com pressão do Fortaleza. Logo aos quatro minutos, Léo hesitou, o Tricolor do Pici avançou e a bola ficou para Wellington Paulista, que chutou e acertou o travessão de Volpi.

Mas, aos poucos, o São Paulo foi conseguindo se soltar. Aos 18, Rigoni saiu cara a cara com Boeck, mas parou na defesa do goleiro. Em seguida, aos 19, Daniel Alves finalizou para outra defesa do goleiro do Fortaleza.

Se o placar ficou em branco na etapa inicial, na final foi diferente. Na marca dos 23 minutos, Reinaldo arrancou pela direita e lançou Rigoni. O argentino dominou no peito, limpou a marcação e chutou de esquerda, no cantinho de Boeck para abrir o placar para os paulistas.

Dez minutos mais tarde veio o segundo gol do São Paulo. Liziero roubou a bola no campo de defesa e tocou com precisão para Rigoni, que saiu cara a cara com Boeck e tocou no canto direito para ampliar o placar.

Mas o Fortaleza não desistiu, e foi em busca do empate. Aos 38, Tiago Volpi vacilou ao tentar cortar a bola, Pikachu ficou com ela e tocou com o gol vazio para diminuir. Mais tarde, já nos acréscimos, Henríquez cruzou forte pela direita, Romarinho apareceu no meio da zaga e, de cabeça, tocou para empatar e dar números finais ao placar.

Comentários