MEIO AMBIENTE

Arrendatário é multado em R$ 17 mil por erosões por falta de conservação

Foto: Reprodução Foto: Reprodução

Durante fiscalização em uma propriedade rural no município de Ponta Porã, Policiais Militares Ambientais de Dourados localizaram nesta terça-feira, dia 28 de julho, diversos pontos na propriedade com processos erosivos de ravinas e pequenas voçorocas por falta de conservação do solo.  

A equipe verificou na fazenda que não foram tomadas medidas preventivas na mudança do uso do solo de vegetação nativa para o plantio de lavoura, o que fez com que ocorressem os processos erosivos. As atividades foram paralisadas na área afetada.

Além de a legislação ambiental exigir, no próprio contrato de arrendamento constava que o infrator teria que realizar atividades de proteção do solo. O arrendatário de 50 anos, residente em Amambai, foi autuado administrativamente e multado em R$ 16.879,50.

O autuado também responderá por crime ambiental, com pena prevista de três a seis meses de detenção. 

Comentários