Policial

Após anúncio em rede social, polícia recupera guitarra furtada na Capital

Tatuador afirmou por telefone que instrumento musical foi entregue como forma de pagamento e ele pediu para amigo anunciar

Instrumento foi levado para 5ª Delegacia de Polícia na Capital. (Foto: Divulgação | Polícia Civil) Instrumento foi levado para 5ª Delegacia de Polícia na Capital. (Foto: Divulgação | Polícia Civil)

A Polícia Civil recuperou nesta terça-feira (20) guitarra furtada foi anunciada para venda em uma página no Facebook. O instrumento musical era produto de um furto registrado no dia 10 de outubro em uma residência.

Conforme o registro policial, a dona da guitarra modelo JC503 marca Condor, reconheceu o instrumento através das fotos no anúncio na rede social e foi até a 5ª Delegacia de Polícia de Campo Grande informar os policiais.

O instrumento foi anunciado por um rapaz de 18 anos morador do bairro Aero Rancho, mas quando os policiais chegaram à residência ele afirmou não estar com a guitarra e que ela estaria com o conhecido que  pediu para anunciar.

Na casa do rapaz não foi encontrado nada ilícito e então ele acompanhou os policiais até a casa do conhecido que pediu para fazer o anúncio, também no Aero Rancho. O homem de 41 anos não estava na residência, mas sua mãe informou que a guitarra estava no local e entregou para a equipe.

A mulher entrou em contato com o filho que conversou com a polícia por telefone. Ele afirmou ser tatuador e que o instrumento musical teria sido fruto de um pagamento por um serviço de tatuagem e como ele não tinha rede social pediu para o amigo fazer o anúncio para venda.

O rapaz de 18 anos foi encaminhado para delegacia junto com a guitarra apreendida, e o homem de 41 anos foi intimado para prestar depoimento ainda hoje. Ambos foram autuados pelo crime de receptação.

Comentários