Policial

Comerciantes são presos em flagrante em operação contra ''gatos'' de energia em Dourados

Policiais civis estiveram em quatro endereços de Dourados onde concessionária constatou furto de energia elétrica.

Comerciantes são presos em flagrante em operação contra ''gatos'' de energia em Dourados Comerciantes são presos em flagrante em operação contra ''gatos'' de energia em Dourados

Dois comerciantes de Dourados, a 233 km de Campo Grande, foram autuados em flagrante nesta quinta-feira (30) por furto de energia através de ligações clandestinas, os chamados “gatos'. Um deles, de 47 anos, é proprietário de uma conveniência localizada no Jardim Márcia, região leste da cidade. O outro, de 36 anos, é dono de conveniência na Rua Monte Alegre, no Jardim Guanabara.

O comerciante de 47 anos foi preso em seu comércio por equipe da 1ª Delegacia de Polícia Civil comandada pelo delegado Adilson Stiguivitis Lima após a concessionária constatar o furto através de esquema ilegal para desviar energia da rede elétrica direto para a conveniência.

Ele confessou o crime e disse que o “gato' foi instalado há cerca de um mês por um eletricista que alega não saber o nome. Levado para a 1ª DP, ele foi autuado em flagrante por furto.

Já no Jardim Guanabara, equipe chefiada pelo delegado Gustavo Mussi prendeu o proprietário de 36 anos. Ele disse que após o corte da luz de seu comércio, contratou um eletricista para puxar energia da loja vizinha, mas alegou desconhecer o furto.

Os dois foram autuados com por furto, crime previsto no artigo 155 do Código Penal. Cada um pagou fiança de R$ 1.500 e ambos vão responder ao processo em liberdade.

A polícia esteve em outros dois endereços apontados pela concessionária de energia por suspeita de furto de energia. Em outra conveniência localizada na Rua Neli Todesquini, no Jardim Pantanal, também na região leste da cidade, o proprietário de 31 anos não foi encontrado no local. Por telefone, ele disse que estava em Ponta Porã e escalou a funcionária para acompanhar a vistoria. O comerciante vai ser indiciado por furto.

A instalação de “gato' para furtar energia também foi constada em um mercado localizado na Rua José Roberto Teixeira, no bairro Altos do Indaiá, região oeste da cidade.

O proprietário não foi encontrado, mas será indiciado por furto. No local existem dois medidores, por isso foram registrados dois boletins de ocorrência do mesmo endereço.

Comentários